Fique atualizado com o

Motiva Gente News
recent

Polícia continua buscas por detentos que fugiram de presídio de segurança máxima

Pela manhã, foi divulgado que os quatro presos teriam sido recapturados, mas a informação foi negada nesta noite

Diferente do que foi divulgado na manhã desta quimta-feira, os quatro detentos que fugiram da penitenciária de segurança máxima de Tacaimbó, no Agreste, não foram recapturados. As buscas por Robério Pessoa da Silva, Josias Vieira de Souza, José Jefferson da Silva e Edson Ramos de Oliveira, que escaparam da unidade durante a madrugada, continuam.

Os quatro estavam numa cela do pavilhão disciplinar por já ter tentado fugir do presídio anteriormente. De acordo com o Sindicato dos Agentes Penitenciários de Pernambuco (Sindasp-PE), eles quebraram o pergolado da cela, enrolaram a viga em um lençol, abriram um burano na parede (que cedeu) e escaparam facilmente. Apenas três agentes penitenciários estavam de plantão.

Segundo o presidente do sindicato, João Carvalho, o presídio apresenta várias falhas de segurança. "Os refletores são escuros e não iluminam por completo a unidade e há constantes quedas de energia há mais de dois meses. O gerador está com problemas e durante o dia o local fica sem energia. Além disso, o número de agentes penintenciários é insuficiente. No momento da fuga, havia apenas três agentes no plantão e 142 detentos", informou.

A informação de que os reeducandos tinham sido capturados foi divulgada pelo próprio sindicato, que corrigiu a informação na noite desta quinta.

Fonte: Diário de Pernambuco

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.