Fique atualizado com o

Motiva Gente News
recent

Suspeito de coordenar e filmar estupro coletivo de criança de 11 anos é preso no DF

Quatro adolescente também teriam participado do ato de violência sexual e foram detidos na última terça

Um homem de 20 anos está sendo investigado pela Polícia Civil por ser acusado de coordenar e filmar o estupro coletivo de uma menina de 11 anos, no Recanto das Emas em Brasília. 

O suspeito foi preso em flagrante, denunciado pela mãe da vítima, após cometer o crime na última terça-feira (10). Quatro adolescentes, com idades entre 13 e 17 anos, também teriam participado do ato de violência sexual e foram detidos.

O Tribunal de Justiça do Distrito Federal tornou a prisão do homem em preventiva, a decisão foi tomada após uma audiência de custódia nessa quinta-feira (12). O acusado será mantido no Complexo Penitenciário da Papuda até o julgamento. Os outros envolvidos até a tarde da última sexta (13),continuavam detidos.

A menina já foi examinada, medicada, está tendo apoio psicológico e voltou para sua casa, de acordo com a Polícia Civil. Segundo o registro policial, a criança teria seguido até o local do crime para fumar narguilé. No entanto, quando chegou á casa no Recanto das Emas, a criança foi cercada e violentada pelos quatro menores. O homem de 20 anos gravou o vídeo e também é acusado de estuprar a vítima. 

"Para agravar ainda mais o contexto, as relações foram filmadas, vilipendiando a imagem da vítima. Nesse sentido, a medida extrema [prisão] se faz necessária para garantir a ordem pública, freando o ímpeto criminoso do autuado", afirma a decisão do Núcleo de Audiências de Custódia.

O juiz que decretou a prisão preventiva argumentou que o acusado é réu primário e possui “bons antecedentes”, porém, nada disso garante a liberdade provisória" diante do dantesco cenário". O acusado responderá pelos crimes de estupro de vulnerável, previsto no Código Penal, e de exploração sexual de menor, descrito no Estatuto da Criança e do Adolescente. Somadas, as penas podem variar de 9 a 19 anos. A conduta dele é investigada pela 27ª Delegacia de Polícia (Recanto das Emas).

Os outros quatros envolvidos no crime, apreendidos em flagrante, vão responder por "ato infracional análogo a estupro" e já seguiram para á Delegacia da Criança e do Adolescente II em Taguatinga. 

Fonte: Folha PE

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.