Fique atualizado com o

Motiva Gente News
recent

Dívida de R$ 4,7 milhões faz empresa desligar lombadas em rodovias estaduais de Pernambuco

De acordo com a Serttel/Perkons, sediada no Paraná, governo pernambucano não cumpre contrato para manter fiscalização eletrônica desde agosto de 2016.

Em  virtude de uma dívida de R$ 4,7 milhões contraída pelo governo do estado, a empresa responsável pela fiscalização eletrônica nas rodovias estaduais que cortam Pernambuco desligou, desde sexta-feira (4), todas as lombadas. A Serttel/Perkons, sediada no Paraná, alega não receber do Departamento Estadual de Estradas de Rodagem de Pernambuco (DER-PE) os valores relativos ao contrato desde agosto de 2016.

Além disso existe a falta de pagamento de R$ 1,8 milhão, desde maio do ano passado, para a manutenção do sistema de semafóros, segundo a empresa.

A rede semafórica mantida nas rodovias estaduais corresponde a 128 pontos. Por meio de nota, a Serttel/Perkons explicou que houve diversas tratativas para coinseguir receber o pagamento e quitar a dívida referente à fiscalização eletrônica em Pernambuco.

A empresa aponta que está desde agosto de 2016 sem receber os valores relativos ao contrato da fiscalização eletrônica e desde maio de 2016 do contrato da rede semafórica. "Por ter chegado ao limite da capacidade financeira de manter a operação, não restou a Serttel e a Perkons outra alternativa a não ser a suspensão dos serviços”, justificou a empresa no texto.

As “lombadas” verificam se os motoristas estão respeitando os limites de velocidade estabelecidos nas vias e são ferramentas essenciais na prevenção de acidentes, que anualmente, em todo o país, custam cerca de R$ 2,3 bilhões, segundo a Organização Mundial da Saúde. A dívida, segundo a Serttel/Perkons, chega a R$ 4,7 milhões do contrato de fiscalização eletrônica e R$ 1,8 milhões do contrato da rede semafórica.

Respostas
Segundo o DER-PE, durante o período em que as lombadas estiverem desligadas, haverá reforço na fiscalização, com o apoio do Batalhão de Polícia Rodoviária. ”Vamos retomar imediatamente os pagamentos, as faturas que estão em atraso já estão dentro do fluxo de caixa para efetivamente enviarmos a banco. Concomitante a isso, já estamos lançando nossas equipes de fiscalização nos principais pontos. Pedimos à população que siga rigorosamente as placas", ressaltou o diretor de Gestão Logística do DER-PE, Shebna Albuquerque.

O diretor também informou que o contrato da Serttel com o Governo de Pernambuco está vencido e que uma licitação deve escolher em breve uma nova empresa pra administrar os radares. “Na semana que vem, deveremos retomar o prazo de licitação. Em 60 dias, teremos uma nova empresa tomando conta com responsabilidade desses equipamentos e auxiliando o governo a manter o fluxo de trânsito na melhor qualidade possível", finalizou.

Fonte: G1 Pernambuco

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.