Fique atualizado com o

Motiva Gente News
recent

PF deflagra operação contra organização criminosa em 10 prefeituras do Agreste de PE

A Polícia Federal em ação conjunta com o Ministério da Transparência e Fiscalização, Controladoria Geral da União (CGU) e o Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco (TCE-PE) deflagrou, na manha desta quarta-feira (15), a operação denominada “Cosa Nostra” que tem como objetivo desarticular uma organização criminosa que atuava em 10 cidades do Agreste de Pernambuco.

Cerca de setenta policiais federais e dez membros da Controladoria Geral da União cumpriram 17 mandados de busca e apreensão nas cidades de Agrestina, Caruaru, Garanhuns, e São João, municípios onde moram os integrantes dos cartéis e das empresas.

A organização atuava nas prefeituras de Agrestina, Panelas, Jurema, Água Preta, lagoa dos Gatos, Bom Conselho, Jupi, Iati, Riacho das Almas e Angelim. As investigações foram iniciadas em junho de 2016 e tiveram origem em relatórios da CGU.

A investigação começou após denúncias de um vereador de um dos municípios investigados. Foram apontadas irregularidades na contratação de empresas, principalmente para verbas federais na área de saúde, educação e infraestrutura. A organização atuava com a participação de agentes públicos municipais para fraudar processos licitatórios com direcionamento dos seus interesses. O valores de recursos públicos destinados às empresas envolvidas nas investigações giram em torno de R$ 100 milhões.

Oito pessoas foram indicadas, entre políticos, servidores públicos e representantes das empresas envolvidas, que responderão pelos crimes frustração de caráter competitivo de licitação, fraude na contratação, corrupção ativa e passiva, crime de responsabilidade, cujas penas somadas podem chegar aos 30 anos de prisão.

Um coletiva de imprensa será realizada às 11h desta quarta-feira, na sede da Polícia Federal em Caruaru, onde serão dados maiores esclarecimentos sobre a operação.

Fonte: BJ1 do meu parceiro Maycon Platiny

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.