Fique atualizado com o

Motiva Gente News
recent

Bruno afirma que doações foram seguindo a legislação eleitoral

Citado como um dos membros da lista do Janot, ministro das Cidades divulga nota negando irregularidades

Minutos depois da veiculação da informação de que o seu nome estava incluído na nova lista entregue no final da tarde desta terça-feira (14) ao Supremo Tribunal Federal (STF) pelo Procurador-Geral da República, Rodrigo Janot, o ministro das Cidades, Bruno Araújo, divulgou nota em que nega qualquer irregularidade.

Bruno Araújo afirmou que, “como já foi anteriormente noticiado”, pediu doações a diversas empresas, entre elas a Odebrecht, todas de acordo com a legislação eleitoral.

“O sistema democrático vigente estabelecia a participação de instituições privadas por meio de doações. Mantive uma relação institucional com todas essas empresas”, finaliza a nota, de quatro linhas apenas.

Veja a íntegra da nota:

"Nota Oficial - Ministro Bruno Araújo

De acordo com a legislação eleitoral, solicitei doações para diversas empresas, inclusive a Odebrecht, como já foi anteriormente noticiado. O sistema democrático vigente estabelecia a participação de instituições privadas por meio de doações. Mantive uma relação institucional com todas essas empresas."

Fonte: Folha PE

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.