Fique atualizado com o

Motiva Gente News
recent

Cinco grandes supermercados suspendem vendas de carnes de marcas investigadas

Uma semana após a deflagração da Operação Carne Fraca, produto brasileiro segue recebendo restrições no mercado nacional e internacional

A revelação de fraudes na produção de carnes por parte de dezenas de frigoríficos do Brasil tem gerado restrições no mercado internacional e também no mercado nacional de comercialização do produto. Nesta sexta-feira (24), cinco grandes redes de supermercados atuantes no País anunciaram a retirada das prateleiras dos produtos fabricados pelas empresas investigadas na Operação Carne Fraca.

A rede Carrefour, em nota enviada ao site Exame, confirmou que “retirou preventivamente das lojas os produtos das plantas interditadas”. A medida, conforme o Carrefour, não afeta as marcas vendidas e sim as fábricas que investigadas que produziram os alimentos.

A Walmart também anunciou a retirada dos produtos suspeitos de contaminação das lojas. A rede varejista informou ainda que tinha relação comercial contínua apenas com uma das três plantas que tiveram a produção interrompida, pertencente ao frigorífico Peccin.

O GPA, responsável pelo Pão de Açúcar, Extra e Assaí, informou, por meio de nota ao site, que também suspendeu a compra das três unidades industriais interditadas, duas no Paraná e uma em Goiás. Nesta sexta-feira (24), a Secretaria Nacional do Consumidor determinou que três fabricantes realizem um recall das carnes e reembolsem os clientes.

Preços
Entre quinta-feira da semana passada, véspera da divulgação da operação, e essa quinta-feira (23), o preço médio da carne de primeira na cidade de São Paulo já caiu 2,22%, segundo pesquisa do Procon São Paulo.

Fonte: JC Online

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.