Fique atualizado com o

Motiva Gente News
recent

5 coisas que pais fazem e podem sabotar os relacionamentos de seus filhos no futuro

Noções de amor, companheirismo, respeito e autoestima são aprendidas dentro de casa e, ao contrário do que muitos pais imaginam, nem sempre através de simples ensinamentos didáticos e palavras soltas. Crianças aprendem por exemplo e a forma como os pais se comportam é capaz até de sabotar os relacionamentos dos filhos no futuro.

Criação dos filhos: erros que influenciam relações futuras

1. O primeiro equívoco é transmitir para a criança que, para ser feliz, é preciso estar em um relacionamento amoroso. A ideia de que não é possível viver sozinho pode fazer com que a criança cresça alimentando a noção de dependência emocional.

2. Tentar a todo custo deixar o filho feliz pode parecer uma atitude louvável, mas blindar a criança de decepções e tristezas inviabiliza a maturidade, além de não permitir que ela aprenda a superar os próprios problemas e lide bem com os obstáculos que enfrentará na vida adulta.

3. Muitos casais ainda insistem em manter um casamento infeliz apenas para não “desfazer” a família. Apesar de estarem pensando em um suposto bem para a criança, os pais estão assim desprezando a capacidade da criança de lidar com a situação e mais uma vez “ensinando” que é melhor estar mal acompanhado do que só.

4. O companheirismo é um dos principais pilares de relacionamentos saudáveis e felizes. Os pais podem deixar de passar o conceito aos filhos quando não contam mais com o apoio um do outro para decisões importantes da casa. É importante que as crianças entendam que os papéis de ambos são fundamentais para a vida da família e que o compartilhamento de ideias fortalece qualquer relação.

5. Faltar com o respeito com o parceiro ou parceira na frente dos filhos também pode sabotar o relacionamento das crianças no futuro. Brigas com trocas de ofensas e acusações podem fazer com que os pequenos entendam como “normais” as atitudes agressivas e, quando adultos, podem reproduzir os comportamentos violentos ou de submissão que observaram na relação entre os pais.

Fonte: Msn.com

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.