Fique atualizado com o

Motiva Gente News
recent

Em meio a forró x sertanejo, música eletrônica de Alok animou à noite de São João em Caruaru

Pátio de Eventos também contou com apresentações de Walmir Silva, Lucy Alves e Petrúcio Amorim, que falou sobre a valorização do forró em seu show.

Pela primeira vez um DJ foi atração do palco principal da festa junina de Caruaru, no Agreste de Pernambuco. Alok foi um dos artistas mais esperados da noite de São João no Pátio de Eventos neste sábado (24), que também teve shows de Walmir Silva, Petrúcio Amorim e Lucy Alves e recebeu 58 mil pessoas, segundo a Polícia Militar.

A música eletrônica foi destaque mesmo com a polêmica entre forró e sertanejo, que ganhou repercussão esse ano, com declarações de artistas como Elba Ramalho, Alcymar Monteiro e Marília Mendonça.

No repertório do DJ, hits como "Hear Me Now", "Never Let Me Go" e o remix "Fuego". Durante o show, Alok introduziu o som do pífano e de Luiz Gonzaga. Para ele, tocar no São João é uma forma de quebrar paradigmas em sua carreira.

"Essa é a primeira vez que toco em uma festa junina. Minha carreira é uma quebra de barreiras desde que entrei um pouco no ramo do sertanejo. Espero que as pessoas entendam que estou trazendo o meu melhor, preparei algo especial e tenho muito respeito por estar aqui", disse.

Música nordestina

O Pátio de Eventos também recebeu o forró tradicional. Quem abriu a noite foi o caruaruense Walmir Silva. Nascido no Alto do Moura, ele trouxe grandes sucessos da música do Nordeste.

Em seguida, foi a vez do também caruaruense, do bairro Vassoural, Petrúcio Amorim. Umas das maiores expressões do São João, o músico interpretou canções como "Anjo Querubim" e "Filho do Dono".

Durante sua apresentação, Petrúcio fez questão de falar sobre o sertanejo no São João. "Existe uma polêmica muito grande com os sertanejos dentro dos eventos juninos. Eu não tenho nada contra, o artista tem que ir aonde o povo está. Mas a gente não pode perder a essência da nossa tradição. São João tem que ter forró, precisamos preservar a cultura de Luiz Gonzaga", comentou Petrúcio.

A penúltima atração da noite foi a paraibana Lucy Alves, que interpretou a personagem Luzia, na novela Velho Chico e chegou na final do reality The Voice Brasil, em 2013. Ela não deixou a sanfona de lado e fez questão de valorizar o papel da mulher no forró. A caruaruense Sofia Nunes foi convidada para participar do show.

"Eu carrego o sangue nordestino. Fico muito feliz em chegar nesse palco tão grande, numa festa bem pensada e trazer a força e a delicadeza que a sertaneja tem. Acredito que desde Chiquinha Gonzaga, as mulheres vêm conquistando um espaço na sociedade. E hoje mais do que nunca é importante afirmar nosso papel nesse espaço".

A programação continua neste domingo (25) no palco principal, com shows de Josildo Sá, Lucas Costa, Galã e Bruno e Marrone.

Alternativo

O Polo Azulão, conhecido como o palco da música alternativa no São João de Caruaru, recebeu o maior público desse ano, 1.500 pessoas segundo a Polícia Militar. O local contou com shows de Maria da Paz, Rogéria, Mozart Vieira, Banda Zé do Estado e Lenine.

Fonte: G1 Caruaru

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.