Fique atualizado com o

Motiva Gente News
recent

Doria defende Lula candidato para que petista seja derrotado nas urnas

Para o tucano, desta forma o "mito" seria enterrado

Em passagem pelo Recife, nesta sexta-feira (18), onde participa de evento do LIDE Pernambuco, o prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), defendeu que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) seja candidato em 2018 a presidente. Isso porque o tucano quer que o petista seja derrotado nas urnas e que o “mito” seja enterrado. 

“Lula tem seis indiciamentos e já uma condenação de nove anos e meio de prisão. Então, é a Justiça que deve decidir, a Justiça comum e a Justiça Eleitoral, se ele pode ou não ser candidato. Eu, pessoalmente, defendo que ele seja candidato e perca. Seja derrotado pelo voto nas eleições de 2018, porque assim nós enterramos o mito”, disse Doria, em entrevista coletiva antes do evento.

Segundo o prefeito de São Paulo, que é cogitado a disputar a Presidência no ano que vem, depois disso, “o Luiz Inácio será submetido ao juízo da Justiça, que decidirá seu endereço, se será São Bernardo ou Curitiba”.

O tucano, que afirma não ser contra a realização das prévias no partido, declarou, no entanto, que caso o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB) seja candidato, não “há a menor hipótese” de ele concorrer na disputa interna do partido. 

“Primeiro por lealdade, dignidade, respeito e amizade. Uma figura de grande proeminência no PSDB, meu amigo pessoal, não há a menor hipótese de fazer qualquer disputa com o governador Geraldo Alckmin. Isso também me deixa muito tranquilo pra seguir com o que estamos fazendo, conhecendo o Brasil, buscando experiências boas no plano municipalista, ajudando a compreender o Brasil e também atar as posições do PSDB em relação a políticas públicas, sobretudo aquelas no âmbito da gestão”, afirmou o prefeito de São Paulo.

No evento, onde Doria recebe homenagem, marcaram presença os ministros Fernando Filho (PSB), Mendonça Filho (DEM) e Bruno Araújo (PSDB), o ex-governador João Lyra Neto (PSDB), os deputados federais Betinho Gomes (PSDB), Daniel Coelho (PSDB), Augusto Coutinho (SD), além do presidente estadual do PSDB, Antônio Moraes.

Fonte: Folha PE

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.