Fique atualizado com o

Motiva Gente News
recent

Se provarem que roubei R$ 1, volto para pedir desculpas, diz Lula no Recife

Condenado na Operação Lava Jato e réu em mais cinco processos, o ex-presidente Lula (PT) usou parte do seu discurso de cerca de 25 minutos no Pátio do Carmo, na área central do Recife, nesta sexta-feira (25), para se defender das acusações de corrupção passiva e lavagem de dinheiro. “Se esses cidadãos que estão me julgando provarem que tem R$ 1 na minha vida roubado, eu venho aqui pedir desculpas a vocês”, afirmou em discurso. 

O ex-presidente alegou que, quando foi de Pernambuco para São Paulo, na década de 1950, nunca havia chupado um chiclete. “Trabalhava em bar com meu tio e poderia até roubar um chiclete, nunca roubei para não envergonhar minha mãe”, relatou. “Agora, com 70, eu não vou envergonhar os milhões de brasileiros que confiaram em mim.”

Lula será interrogado pelo juiz Sérgio Moro, responsável por quatro ações penais, no próximo mês em um dos processos.

Lula nega que a viagem pelo Nordeste seja uma pré-campanha para 2018 e tem evitado se colocar como candidato nos discursos em uma semana de viagem, deixando isso para os aliados. Esta noite, porém, afirmou que estaria sendo criada uma trama contra a participação dele na disputa. “Mas eu quero que eles saibam que, se eu for candidato, é para ganhar”, desafiou.

Se a condenação de Lula for mantida em segunda instância, ele pode ser enquadrado na Lei da Ficha Limpa e ficar inelegível. O processo começou a tramitar no Tribunal Regional Federal da 4ª Região essa semana.

Discursando antes do padrinho político, a ex-presidente Dilma Rousseff (PT), participando em Pernambuco pela primeira vez da caravana, defendeu a candidatura dele em 2018. “Querem impedir que nós possamos em 2018, sem casuísmos, escolher o presidente que está no coração de todos os brasileiros”, afirmou. O ator Irandhir Santos também foi chamado a falar e concordou: “Defender Lula é defender a democracia.”

Fonte: Blog do Jamildo

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.