Fique atualizado com o

Motiva Gente News
recent

Por ciúmes, homem mata amante com facada e dorme ao lado do corpo

Além de responder por homicídio com agravante de feminicídio, Roberto de Melo Bezerra, 46 anos, vai ser autuado por ocultação de cadáver

Um homem de 47 anos foi preso em flagrante na manhã desta quinta-feira (28), pela Polícia Civil (PC) de Pernambuco, suspeito de matar Josefa Severina da Silva Filha, 44 anos. Segundo a PC, o corpo da mulher foi encontrado em avançado estado de decomposição, na quarta-feira (27), na casa do suspeito, no Ibura, Zona Sul do Recife. Além de responder por homicídio com agravante de feminicídio, Roberto de Melo Bezerra, 46 anos, vai ser autuado por ocultação de cadáver. 

O delegado Breno Varejão, que investiga o caso, explicou que os dois se conheceram no dia 12 de junho deste ano, por meio do WhatsApp, e dias depois marcaram de se encontrar em Caruaru, no Agreste de Pernambuco. "Eles iniciaram um relacionamento e estavam se encontrando com frequência, no entanto, Josefa era casada com um homem de 70 anos. Ela morava com o marido em Santa Cruz do Capibaribe, também no Agreste, e ia ao Ibura uma vez por semana para ver o amante", disse.

No dia do crime, Josefa havia jantado com a irmã e a mãe de Roberto, na casa dele. Segundo a polícia, antes de cometer o crime, o suspeito teria ligado para o marido da vítima para informá-lo sobre a traição. A motivação do homicídio seria ciúme, pois a investigação aponta que o amante queria assumir o relacionamento.

A polícia informou que o crime foi premeditado. Roberto teria criado um perfil falso no Facebook e marcado encontro com Josefa, o que o deixou enciumado. Afirmando estar possuído, matou a mulher com facada no pescoço, na noite da quarta-feira (21) da semana passada, e dormiu do lado do corpo. Antes de levar a facada, a mulher teria ingerido, sem saber, um achocolatado com uma substância para deixá-la drogada. A perícia está investigando qual substância foi utilizada por Roberto.

Depois do assassinato, Roberto voltou a trabalhar normalmente e chegou a viajar para Palmeira dos Índios, em Alagoas, sempre ligando para a família para monitorar se já tinham descoberto o corpo. Como ele morava em um "puxadinho" no terreno da mãe, as parentes só começaram a sentir o odor do cadáver por volta das 1h30 da madrugada desta quinta (28), quando ligaram para a polícia. O corpo de Josefa foi encontrado vestindo apenas uma calcinha, na cama do suspeito.

O delegado disse que o suspeito se demonstrou transtornado e arrependido com o crime. A irmã incentivou que ele se apresentasse à polícia. Roberto não tem antecedentes criminais e trabalhava como transportador de cargas. Ele foi preso às 10h desta quinta, na estação de metrô do Recife, quando retornava de Alagoas. O suspeito será encaminhado nesta sexta (29) ao Fórum Rodolfo Aureliano, na Joana Bezerra, centro do Recife, para audiência de custódia.

Fonte: Folha PE

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.