Fique atualizado com o

Motiva Gente News
recent

Suspeito de participar do tiroteio que atingiu o jornalista Alexandre Farias era integrante de facção criminosa, diz polícia

Homem de 34 anos foi morto a tiros durante confronto com as polícias Civil e Militar, em Caruaru. Mãe do suspeito ainda informou que o filho já havia matado um policial no Rio Grande do Norte.

Um dos suspeitos de participar do tiroteio que atingiu o jornalista Alexandre Farias "era integrante do Primeiro Comando da Capital (PCC) do Rio Grande do Norte", conforme informou o chefe da Polícia Civil em Pernambuco, Joselito Amaral. A informação foi divulgada durante coletiva de imprensa na manhã desta terça-feira (19) em Caruaru, no Agreste. O homem de 34 anos foi morto durante um confronto com a polícia na tarde da segunda (18).

De acordo com os policiais, os três suspeitos presos foram autuados em flagrante por roubo marjorado, porte ilegal de arma de fogo, associação criminosa, lesão corporal grave, tentativa de homicídio e tráfico de drogas. Um quinto integrante do grupo criminoso está foragido.

Durante a coletiva, Joselito Amaral, informou que a mãe do suspeito morto disse que o filho já havia matado um policial. "Ele estava envolvido no roubo à casa de um desembargador do TRE [Tribunal Regional Eleitoral] do Rio Grande do Norte", destacou.

Joselito ainda ressaltou que os três presos têm antecedentes criminais e são foragidos da Penitenciária de Alcaçuz, no Rio Grande do Norte. Eles teriam fugido do presídio durante a rebelião ocorrida em janeiro deste ano na capital potiguar, Natal.

O trio será apresentado em audiência de custódia na tarde desta terça, no Fórum de Caruaru.

Suspeitos presos
Foram presos três dos cinco suspeitos de atirar no jornalista Alexandre Farias. De acordo com a Polícia Civil, as prisões ocorreram após um tiroteio na tarde da segunda-feira (18) no sítio Maniçoba, zona rural do município. Um quarto suposto criminoso foi morto a tiros durante o confronto, conforme informou a polícia.

Ainda segundo a Polícia Civil, o quinto suspeito fugiu e, até a publicação desta matéria, não foi localizado. A troca de tiros entre policiais e os criminosos durou cerca de 15 minutos. Os suspeitos foram presos após a polícia receber uma denúncia.

Entenda o caso
O apresentador do ABTV 2ª Edição, da TV Asa Branca, foi vítima de uma bala perdida na noite do sábado (16) no bairro Alto do Moura, em Caruaru. O ator e jornalista tinha apresentado o telejornal e, quando saiu, foi jantar em um supermercado da cidade. Ele ia para a casa dele quando foi atingido por um disparo na cabeça. De acordo com informações da Polícia Militar, assaltantes estavam em um carro roubado quando houve perseguição e troca de tiros.

Na fuga, os bandidos ainda atropelaram os socorristas do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), que estavam em uma ocorrência no local. Uma das auxiliares de enfermagem foi atingida.

Alexandre Farias foi socorrido em estado grave para o Hospital Regional do Agreste (HRA) e em seguida transferido para hospital Unimed, também em Caruaru. Ele passou por uma cirurgia e está internado na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI).

Segundo a unidade de saúde, o quadro clínico de Alexandre está estabilizado, mas é grave. De acordo com o boletim médico divulgado na tarde desta segunda (18) pelo Hospital Unimed, o jornalista apresentou melhora da pressão intracraniana.

Fonte: G1 Caruaru

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.