Fique atualizado com o

Motiva Gente News
recent

Isso é o que acontece quando você fica sem fazer sexo por muito tempo

Ser virgem é uma coisa, interromper uma vida íntima ativa é outra completamente diferente e cheia de consequências. Isso porque não é somente seu “moral” que fica baixo quando você fica sem fazer sexo por muito tempo, mas seu corpo e até mesmo sua saúde sofrem com longos períodos de abstinência.

E, embora possa parecer exagero de adolescente (que está sempre com os hormônios à flor da pele), a verdade é que ficar sem fazer sexo por muito tempo mexe com o desempenho de várias partes de seu organismo. E, segundo especialistas, esse impacto brusco não é saudável.

Por exemplo, quando você tem menos sensações prazerosas, você acaba com uma grande concentração do hormônio responsável pelo estresse no corpo, o cortisol. O que isso acarreta então? Um ponto para quem apostou em mais estresse e em mau humor.

E este está longe de ser o único reflexo que uma vida ativa intimamente interrompida pode trazer às pessoas. Problemas com o sono podem surgir, bem como a maior facilidade em ganhar peso, o ressecamento e envelhecimento mais intenso de cabelos e da pele e assim por diante.

Louco, não? Espere até você conferir as outras consequências que ficar sem um “carinho” podem trazer a você.

Veja o que acontece quando você fica sem fazer sexo por muito tempo:

1. Mau humor

Dizem por aí que o primeiro sinal de que uma pessoa está sem fazer sexo por muito tempo é o mau humor, não é mesmo? O pior é que isso tem mesmo um fundo de verdade.

Conforme especialistas, o organismo sente falta do relaxamento que o ato proporciona e, com menos sensação de recompensa, a tendência é que a pessoa fique menos feliz e mais mau humorada.

O baixo rendimento no dia-a-dia também é um sinal de que as coisas anda um tanto paradas em sua vida íntima.

2. Estresse

E, de mãos dadas com o mau humor, o estresse chega fácil, fácil para aqueles que estão em abstinência. O pior de tudo é que não somente a cabeça que fica mais “pilhada” com o aumento do cortisol, hormônio do estresse, no corpo.

Este acúmulo também pode conduzir você à obesidade e a doenças cardíacas, dependendo de sua predisposição genética.

3. Insônia

Não adianta contar carneirinhos se seu problema é estar sem fazer sexo por várias semanas. Isso porque a os níveis de oxitocina ficam baixos no organismo. Como você já deve ter imaginado, este hormônio relaxa e causa sonolência e que é liberado em grandes quantidades durante o “rala e rola”.

4. Envelhecimento acelerado

Agora, se ficar sem dormir já lhe causa arrepios, imagine descobrir que ficar sem fazer sexo por muito tempo pode também fazer com que você envelheça mais rápido?

De acordo com cientistas, a pele e o cabelo ficam menos brilhosos durante longos períodos de abstinência, já que o organismo, especialmente no caso da mulher, conta com uma quantidade menor de estrogênio. Isso acontece porque esse hormônio, combate o ressecamento e o envelhecimento da pele e cabelos; é liberado em abundância durante as relações íntimas.

5. Perda de flexibilidade

Articulações menos flexíveis e dores pelo corpo também são um alerta de seu corpo para a falta de intimidade.

Isso porque o ato é considerado também um excelente exercício físico, que além de prazeroso, ajuda no fortalecimento e no alongamento muscular, especialmente de pernas, braços e da coluna.

6. Dores de cabeça

Sabe aquela história de que se está com dor de cabeça e por isso não é possível ir para a cama? Na verdade, a coisa é completamente ao contrário: não existe melhor remédio para dores de cabeça do que o sexo, já que o ato é considerado um analgésico natural, devido às reações químicas que proporciona em nosso organismo.

Ficar sem fazer sexo, por outro lado, aumenta as chances de sofrer com dores de cabeça e de outros desconfortos físicos, especialmente os musculares.

No entanto, na vida de uma pessoa que está sempre “bem servida”, hormônios como oxitocina e endorfina estão sempre em atividade, reduzindo a pressão sobre os vasos sanguíneos do cérebro e aliviando vários outros tipos de incômodos localizados.

7. Libido reduzida

Quanto mais tempo você fica sem fazer sexo, menos sexo você vai querer fazer. Isso acontece, segundo especialistas, porque a abstinência prolongada acaba reduzindo, e não aumentando, a libido ao longo do tempo.

Por outro lado, quem tem uma vida mais agitada neste campo tende a ter sempre uma vida agitada neste campo… e uma saúde melhor, com já deu para perceber.

Fonte: Wildes de Brito

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.