Fique atualizado com o

Motiva Gente News
recent

Governador assina projetos para criar novos batalhões e delegacias

O projeto propõe a criação de batalhões da Polícia Militar e 18 novas unidades da Polícia Civil

O governador de Pernambuco, Paulo Câmara, assinou, na manhã desta sexta-feira (17), em solenidade no Palácio do Campo das Princesas, três projetos de lei para reforçar a segurança no Estado. 

Os projetos preveem a criação do 26º Batalhão da Polícia Militar (26º BPM), do 2º Batalhão Integrado Especializado de Policiamento (2º BIEsp) e da 11ª Companhia Independente da Polícia Militar (11ªCIPM). Os PLs irão para votação na Assembleia Legislativa de Pernambuco e, se aprovados, os batalhões e a companhia deverão começar a funcionar em março do próximo ano. 

O 26º BPM terá sede em Itapissuma, atuando na prevenção e no combate ao crime do Litoral Norte do Estado, atendendo também os municípios de Igarassu, Itamaracá e Araçoiaba. Já o 2º BIESP terá sede em Petrolina e contará com Subunidades de Choque, Rádio Patrulha, Moto Patrulhamento e Trânsito. Com atuação na Microrregião de Garanhuns e na Mesorregião do Agreste Pernambucano, a 11ª CIPM reforçará o policiamento nos municípios de Lajedo – onde será instalado -, Jupi, Jucati, Panelas, Jurema, Calçados, Ibirajuba e Canhotinho.

A Polícia Civil também teve um projeto em que foi contemplada. Está prevista a criação de nove delegacias de combate ao tráfico (Denarc) e mais nove unidades da Polícia Científica. A previsão é de que esse reforço seja implementado em fevereiro, quando uma novos policiais sairão da academia. 

As novas delegacias de combate ao tráfico (Denarc) ficarão no Cabo de Santo Agostinho, Goiana, Vitória de Santo Antão, Caruaru, Garanhuns, Arcoverde, Serra Talhada, Ouricuri e Petrolina. As nove unidades de Polícia Criminalística devem ser instaladas nas cidades de Petrolina, Ouricuri, Salgueiro, Afogados da Ingazeira, Arcoverde, Caruaru, Palmares e Nazaré. As medidas integram o Plano de Segurança e, segundo o Governo do Estado, reforçam o compromisso no combate à violência, ao tráfico de drogas e ao crime organizado em Pernambuco. 

De acordo com o presidente da Alepe, Guilherme Uchôa, as pautas de segurança começarão a ser discutidas na próxima segunda-feira (20). A previsão é de que sejam aprovadas até o dia 20 de dezembro. O planejamento do governo é de que em fevereiro as unidades da Polícia Civil estejam funcionando com os novos agentes - cerca de 1.300 que estão na academia. Já o 26º BPM , o 2ºBIESP e a 11ª CIPM estarão funcionando a partir de março do próximo ano. Ainda será implementado no ano que vem, no Recife, o Instituto de Genética Forense Eduardo Campos, que atuará como Instituto Tavares Buril (ITB), mas com a especificidade da genética. 

Fonte: Folha PE

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.