Fique atualizado com o

Motiva Gente News
recent

Cruzeiro: dicas e dúvidas para quem vai viajar pela primeira vez

A temporada de cruzeiros está crescendo cada vez mais e sempre há passageiros que estão entrando nesta experiência pela primeira vez sem saber como funciona este tipo de passeio. Pensando nisso, o site RJ selecionou algumas dicas para as pessoas aproveitarem a viagem sem se preocupar com os perrengues. Confira:

Malas

A maioria das pessoas viaja com mais frequência de avião, certo? E por isso muitas delas acham que na hora de embarcar no cruzeiro, o peso das malas deve ser igual. Mas, atenção: não é! Na viagem de navio, o limite de bagagem, por pessoa, é de 90 kg.

Documentos

Muitas pessoas acham que para viajar de cruzeiro, mesmo dentro do Brasil, é preciso ter passaporte. Mas o RG (expedido há menos de 10 anos) já é o suficiente. Documentos válidos em território nacional, como CNH, OAB, CREA E CRM também são permitidos. Se o cruzeiro tiver que embarcar ou desembarcar em algum porto da América do Sul, o RG ou o passaporte (com validade mínima de sete meses antes de sua expiração) também valem.

Check-in e Check-out

Na hora do Check-in e do Check-out é preciso ficar atento para não perder o horário de entrada e não pegar filas na saída: o check-in é feito no balcão da companhia marítima, dentro do terminal de embarque e existe um horário limite para ele que consta no voucher do cruzeiro. O ideal é chegar ao porto com 4h de antecedência. As malas devem ser entregues aos funcionários identificados e deverão estar etiquetadas com os adesivos recebidos junto com o voucher. Ao embarcar, a sua mala estará em frente a sua cabine.

Já para o check-out, as malas serão colocadas do lado de fora da sua cabine, na noite anterior ao desembarque, e deverão estar lacradas. Os débitos com o consumo realizado serão entregues nas cabines e devem ser quitados até o dia seguinte.  

Pagamento de consumo

“Tudo no navio é cobrado em dólar?”: esta é a dúvida mais frequente de quem vai viajar em um cruzeiro. Os que passam pela América do Sul e Caribe cobram em dólar americano. Mas para os cruzeiros que passam pela Europa, as despesas são cobradas em euros. Não é necessário levar dinheiro em espécie para o cruzeiro, é possível usar um cartão de crédito internacional. Mas para quem deseja ir ao cassino, é exigido dinheiro em espécie.

Líquidos

No navio, não é permitido embarcar com alimentos e bebidas adquiridos fora. Caso aconteça, os seguranças do cruzeiro são autorizados a recolher os itens e devolvê-los aos hóspedes apenas no final da viagem.

Enjoo 

Os cruzeiros contam com equipes médicas disponíveis 24h, todos os dias da semana. Caso você tenha algum tipo de enjoo, passar mal, sentir dores no estômago e necessitar de curativos, eles oferecem suporte para atendimentos de emergência. Os custos para o atendimento são pagos à parte. Se for algo mais grave, o navio desembarca o passageiro no porto mais próximo para que ele receba o atendimento adequado. 

Fonte: Wildes de Brito

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.