Fique atualizado com o

Motiva Gente News
recent

Ônibus da caravana de Lula é atingido por três tiros, segundo organizadores

ataque ocorreu no percurso entre as cidades de Quedas do Iguaçu e Laranjeiras do Sul, no Paraná

Um dos três ônibus da caravana do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) foi atingido por três tiros na noite desta terça (26), no Paraná, segundo os organizadores do périplo do petista pela região Sul. O veículo, que é ocupado por jornalistas que acompanham o périplo, teve duas perfurações na lataria. Outro suposto tiro atingiu um dos vidros.

O ataque ocorreu no percurso entre as cidades de Quedas do Iguaçu e Laranjeiras do Sul. O coordenador da caravana, Márcio Macedo, informou que ainda vai apurar detalhes do incidente.

O senador Lindbergh Farias (PT) postou em sua conta no Twitter uma foto do furo na lataria dizendo que o ônibus foi atingido por um tiro. Um dos pneus do ônibus foi furado por ganchos de metal pontiagudo lançados na estrada por opositores do ex-presidente.

A caravana do petista tem sido alvo de protestos em praticamente todas as cidades pelas quais passou nos últimos dias, na região Sul. No domingo (25), em São Miguel do Oeste, Santa Catarina, manifestantes contrários ao petista receberam os ônibus com ovos e pedras -a janela da frente do ônibus em que estava Lula acabou quebrada. Mais tarde, enquanto o petista falava ao público, o palanque voltou a ser alvo de ovos.

Helicóptero
A Polícia do Paraná negou, nesta terça (27), pedido da coordenação da caravana para aterrissagem de um helicóptero no campo da PM (Polícia Militar) da cidade de Quedas do Iguaçu, onde o petista participou de um evento sobre reforma agrária. A solicitação foi recusada pelo responsável pelo comando Regional da Polícia Militar do Paraná, em Cascavel, comandante Washington Lee Abe, que assumira provisoriamente a PM de Quedas do Iguaçu.

Esse é o mesmo coronel que causou polêmica ao criticar publicamente a comoção em torno no assassinato da vereadora Marielle Franco (PSOL).

Com a recusa do coronel, a organização da caravana teve que pedir autorização a um centro de exposições -e obteve. Mas, como as fortes chuvas impediram a decolagem do helicóptero, Lula teve que embarcar em um avião para pouso na cidade de Pato Branco, vizinha a Quedas do Iguaçu. A assessoria da PM afirmou que Lula não pousou em Quedas do Iguaçu devido ao mau tempo.

Fonte: Folha PE

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.