Fique atualizado com o

Motiva Gente News
recent

Músico de Belo Jardim Ronaldo Batata é finalista no Festival Nacional do Frevo

Na categoria Frevo Livre Instrumental – Autoral, ele concorre com “Frevo da Amizade” à grande final acontecerá dia 1° de Junho no Teatro Santa Isabel no Recife.

O Compaz Governador Eduardo Campos recebeu, na noite desta sexta (19) a segunda semifinal do Festival Nacional do Frevo, concurso que pretende assegurar renovação e fôlego ao gênero musical que é sinônimo da capital pernambucana. A última das três semifinais do concurso será realizada na próxima sexta-feira (25), na frente do Paço do Frevo,  no Bairro do Recife, a partir das 19h. O evento é gratuito e aberto ao público.

Prestigiada por um numeroso público, a eliminatória desta sexta classificou quatro frevos para a final da competição, que será no dia 1º de junho, no Teatro de Santa Isabel:

– Matando Saudade, de Luiz Gonzaga de Castro, com arranjo de Bozó 7 Cordas, interpretada pelo coral da Orquestra do Maestro Edson Rodrigues, na categoria Frevo de Bloco

– Sapecando, com autoria e arranjo de Marcos FM, na categoria Frevo de Rua

– Frevo Bregado, de Eugênio Carlos de Melo Brasil, com arranjo de Marcos FM e interpretação de Josildo Sá, na categoria Frevo Canção

– Frevo da Amizade, com autoria e arranjo de Ronaldo Batata, na categoria Frevo Livre Instrumental – Autoral

Ronaldo Batata – Nascido em São Paulo, Ronaldo Batata mora atualmente em Santa Luiza, no município de Belo Jardim. Compositor, arranjador e guitarrista, começou a tocar em bandas de baile, há 30 anos. Filho de músicos, deu os primeiros passos sozinho, tendo depois estudado música no Instituto Federal de Pernambuco. Já integrou o grupo Flor do Mandacaru, e o Asas da América. Tocou também com o célebre mestre Camarão. A música é seu sustento, vocação e alegria.

“GLÓRIAS Á DEUS !
Estou na final do Festival Nacional do Frevo 2018 com a música “Frevo da Amizade” (dedicada ao meu grande amigo e irmão Ivanar Nunes). 
Agradeço aos meus parceiros fiéis Alex(Bateria), Eudes (Baixo), Roma(Teclado) Ivanar Nunes(Sax Tenor) e Léo Araújo (Flauta), como também agradeço á todos vocês pelo carinho e apoio. Que Deus abençoe grandemente todos vocês . A grande final acontecerá dia 1° de Junho no teatro Santa Isabel. E não esqueçam continuem orando e torcendo por mim”.
Forte abraço. (Postado no seu perfil do Facebook).
Entre uma apresentação e outra, o maestro Edson Rodrigues conduziu sua orquestra por um infalível repertório de frevos clássicos, que fizeram muita gente levantar da cadeira.  “Achei o festival ótimo. Gosto demais de frevo. Acho a nossa cara. E para que continue assim, é muito importante renovar”, disse a vizinha do Compaz, Laquelaine Ferreira, 35 anos, que levou os dois filhos pequenos. “Foi bom demais esse pedacinho de Carnaval em maio”, brincou a também moradora do Alto de Santa Terezinha, Rosa dos Santos, 52 anos.

A comissão julgadora que avaliou as apresentações foi formada por reconhecidos profissionais de música da cidade: Gilberto Pontes, professor de música e saxofonista solista da Banda Sinfônica do Recife; Maria Aída, musicista e professora da Universidade Federal de Pernambuco; Liudinho Souza, professor e saxofonista solista da Banda Sinfônica do Recife; Enok Chagas, professor e trompetista solista da Orquestra Sinfônica do Recife; e o cantor e compositor Jota Michiles, homenageado do Carnaval 2018.

Premiação – Para fomentar a cadeia produtiva do frevo, o Festival Nacional do Frevo irá assegurar material de trabalho e palco para os vencedores. Os primeiros colocados nas cinco categorias participarão da grade de programação do Festival de Inverno de Garanhuns 2018 e do Carnaval do Recife 2019 e ganharão ainda uma gravação audiovisual (15 horas em estúdio) da música que defenderam.

Os segundo e terceiro lugares também participarão da grade do próximo Carnaval do Recife, sendo que o segundo colocado ganhará também uma gravação master da sua música vencedora (10 horas de estúdio). Haverá premiação ainda para o melhor arranjo e o melhor intérprete do concurso, que serão contemplados com a gravação de uma música.

Confira a lista completa dos finalistas até agora:

Categoria Frevo de Bloco
Tempo de Saudade, de Luiz Guimarães

Matando Saudade, de Luiz Gonzaga de Castro

Categoria Frevo de Rua
Adriana no Frevo e Cia., de Parrô Mello

Sapecando, de Marcos FM

Categoria Frevo Canção

Sabor de Rum Hortelã Café, de Edinho Queirós

Frevo Bregado, de Eugênio Carlos de Melo Brasil

Categoria Frevo Livre Instrumental – Autoral
Tubarão no Circo, de Zé Freire

Frevo da Amizade, de Ronaldo Batata
Fonte: Jardim do Agreste

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.