Fique atualizado com o

Motiva Gente News
recent

Clear usa CR7 para provocar Neymar, mas recua

A marca de shampoos da Unilever Clear usou o Facebook e seu maior garoto-propaganda, o português Cristiano Ronaldo, para cutucar Neymar. E, depois de o vídeo ganhar repercussão na mídia, voltou atrás na ação.

Na sexta-feira, dia 3, a empresa publicou um vídeo de 14 segundos em seu perfil no Facebook. Sem áudio, a peça mostrava Cristiano Ronaldo em imagens de propagandas pela Clear para a publicidade de lançamento da nova fórmula do shampoo e que foram publicadas no Facebook em 25 de abril. 

Após cada aparição do jogador, uma mensagem aparecia com o fundo escuro e as letras em branco, em formato que lembrava bastante o polêmico comercial que Neymar protagonizou com a Gillette no domingo anterior.

O recado era claro: “Sabe porque eu nunca caio? Porque uso Clear Queda Control”. Na legenda para o vídeo, a Clear ainda cutucava a situação vivida por Neymar: “Se você tem problema com queda, não precisa pedir desculpas. É só usar Clear Queda Control”.

Somente na tarde de segunda-feira, quando o site especializado em publicidade “AdNews” publicou reportagem sobre a provocação, que o vídeo começou a ser visto pelas pessoas. Até então, eram pouco mais de 2 mil visualizações. Horas depois, porém, a postagem tinha mais de 400 mil visualizações.

No fim do dia, quando tomou conhecimento do conteúdo, a reportagem da Máquina do Esporte tentou, sem sucesso, entrar em contato com a comunicaçao de Clear e com o staff de Cristiano Ronaldo para saber se o vídeo havia sido aprovado pelo jogador. Não conseguimos, porém, obter nenhum contato com ambos.

Cristiano Ronaldo, ao longo de sua carreira, nunca se envolveu em polêmicas com outros jogadores por conta de ações comerciais. No auge de seus duelos com Messi, por exemplo, nunca houve uma publicidade que fizesse qualquer alusão de competição entre ambos. Isso reforça a sensação de que o vídeo possa ter sido feito pela marca no Brasil sem a anuência do jogador.

Durante a noite, com o aumento da repercussão sobre o vídeo, a Clear retirou do ar a postagem, sem dar qualquer satisfação aos usuários ou sem enviar qualquer comunicado à imprensa para justificar a sua tomada de decisão. O portal UOL, que publicou reportagem sobre o vídeo cerca de uma hora depois do AdNews, reproduziu a postagem em sua matéria, que pode ser acessada aqui.

Fonte: msn.com

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.