Fique atualizado com o

Motiva Gente News
recent

Bolsonaro diz que 'fraudes' nas urnas impediram vitória no 1° turno: 'Já teríamos o presidente da República'

Em seu primeiro discurso após confirmação do 2° turno nas eleições presidenciais, o candidato Jair Bolsonaro (PSL) agradeceu aos seus eleitores e afirmou que não ganhou no 1° turno por causa dos "problemas nas urnas".

Em vídeo feito em casa, Bolsonaro afirma que recebeu diversas críticas de eleitores que supostamente tiveram problemas na hora de votar no candidato. "Se apertava 1 no final e aparecia candidato da esquerda, se encerrava a votação até o governador", disse, alegando erros nas eleições. Ele defende que, se o voto impresso estivesse valendo, nada disso aconteceria. 

"Vamos exigir soluções ao TSE sobre os problemas das urnas. Se estes problemas não tivessem ocorrido, já teríamos um nome do futuro presidente da República decidido no dia de hoje. Não podemos esmorecer, o que está em jogo é nossa liberdade", afirmou no vídeo divulgado em suas redes sociais. 

Bolsonaro voltou a afirmar que o brasileiro não quer que o Brasil vire "uma Venezuela" e afirmou que seu oponente no segundo turno, Fernando Haddad (PT), é uma ameaça ao Brasil. "Como herança [da era PT]. vimos um país com valores desgastados, crise ética, moral e econômica. Nosso país está à beira do caos, não podemos dar um passo à esquerda, o passo agora é pro centro-direita", disse.

O ex-deputado, líder das pesquisas de intenção de voto recebeu 46,62% dos votos (cerca de 47 milhões), enquanto Fernando Haddad, herdeiro da vaga do ex-presidente Lula, ficou com 28,5% (pouco mais de 29 milhões), na 2ª posição.

Para o segundo turno, Bolsonaro afirma que vai concentrar esforços no Nordeste, única região que perdeu votos para o PT. "O que eu quero para o Nordeste, através do seu povo humilde, conservador e trabalhador, é que fique livre de mentiras, da coação que sempre existiu por parte do PT. O nordestino é tanto brasileiro quanto outro qualquer. Seremos, sim, vitoriosos."

Por fim, ele agradeceu a todos seus eleitores e pediu para que eles continuem mobilizados. "Acredito em Deus, acredito em vocês, acredito no nosso Brasil. Meu muito obrigado mais uma vez, estamos juntos e juntos vamos reconstruir o Brasil".

Eleições
O ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, rebateu as críticas sobre os supostos problemas nas urnas eletrônicas e disse que o primeiro turno ocorreu com normalidade.

O ministro acrescentou que casos de propagação de notícias falsas (fake news) sobre o sistema eletrônico estão sendo apuradas. Pessoas envolvidas estão sendo investigadas. "Não há nenhum indicador de que essas fake news que viralizaram tenham qualquer base fática ou real", afirmou. "O sistema eleitoral brasileiro demonstrou capacidade de traduzir a vontade do povo brasileiro", completou.

Fonte: msn.com

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.