Fique atualizado com o

Motiva Gente News
recent

Turismo de Pernambuco vai receber R$ 2,3 milhões

Governo Federal anunciou aporte para incentivar o setor por meio do programa Investe Turismo

Pernambuco vai receber um aporte federal de R$ 2,3 milhões para incentivar o serviço de turismo. O dinheiro faz parte de um montante nacional de R$ 200 milhões do programa Investe Turismo. A iniciativa é do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), em parceria com o Ministério do Turismo e Embratur. O programa foi anunciado em um evento de lançamento, no Cais do Sertão, Bairro do Recife, nessa segunda-feira (1º). 

Nacionalmente, serão 158 destinos em 30 rotas escolhidas para acelerar o desenvolvimento, trocar experiências e melhorar a promoção dos locais. Em Pernambuco, o programa contará com três rotas. As escolhidas foram Tamandaré e Porto de Galinhas; Recife, Olinda, Igarassu e Ilha de Itamaracá; e Fernando de Noronha. A iniciativa vai levar um pacote de ações de investimentos, incentivos a novos negócios, acesso ao crédito, marketing, inovação, melhoria de serviços e ampliação da comercialização. 

Com isto, a meta do programa é unir setor público e iniciativa privada para preparar e promover a competitividade nessas rotas turísticas estratégicas. O secretário Nacional de Desenvolvimento e Competitividade do Turismo Brasileiro, Aluizer Malab, ressalta que a integração vai dar suporte para potencializar os investimentos. 

“Esses locais selecionados vão ajudar a criar uma nova imagem mais consistente dos nossos destinos”, explica. Para o presidente da Embratur, Gilson Machado, a iniciativa de reposicionar o Brasil como destino turístico vai trazer mais dinamismo para o setor gerando emprego e renda. 

“O turismo hoje gera emprego do piloto do avião ao piloto da van. Então, movimentar o setor é imprescindível”, destaca. Ainda de acordo com a Embratur, ao longo de quatro anos, é esperado um investimento de meio bilhão para estimular o crescimento das 30 rotas. “Queremos desenvolver a atividade turística no Estado. Temos uma miscigenação muito forte, praias belíssimas, arquitetura própria. É preciso então continuar a desenvolver esse setor para trazer mais renda para Pernambuco”, ressaltou o secretário de turismo, Rodrigo Novaes. 

De acordo com a diretora técnica do Sebrae-PE, Roberta Correia, a ação deve aumentar a competitividade desses destinos. “O turismo movimenta cerca de 10,4% do PIB mundial. Para se ter uma noção, 1 em cada 5 empregos é ligado a esta área", destaca a diretora, ainda dizendo que o investimento vai atrair mais turistas para o Estado.

Fonte: Folha PE

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.