Fique atualizado com o

Motiva Gente News
recent

No Recife, título de cidadão para Lula será protocolado na segunda

Proposta é do vereador João da Costa

A iniciativa faz parte da estratégia nacional do PT que visa a levar o ex-presidente Lula a rodar o País a partir do momento que deixou a Superintendência Polícia Federal em Curitiba, ao ser solto ontem. A proposta de Título de Cidadão do Recife para o líder-mor do PT será protocolada na segunda-feira na Câmara de Vereadores da Capital e é da autoria do vereador João da Costa (PT). Para aprovar, é preciso maioria simples e considerando que a bancada governista, base do prefeito Geraldo Julio, predomina na Casa, não há previsão de dificuldade.

João da Costa, que é ex-prefeito do Recife, vai pedir urgência na tramitação desse título na tentativa de trazer Lula à Capital pernambucana ainda este mês. Como há um evento que já vinha sendo programado para o dia 17, batizado Festival Lula Livre, há, no partido, quem ventile a possibilidade de casar as duas agendas. Nesse caso, a entrega do título poderia se dar no dia 18, mas não é certo, porque a data está muito em cima. O ex-presidente deixou a prisão, ontem, um dia depois de o Supremo Tribunal Federal (STF), por 6 votos a 5, decidir que um condenado só pode ser preso após o trânsito em julgado, alterando, assim, o entendimento vigente desde 2016, que permitia prisão após condenação em segunda instância. No primeiro discurso ao deixar a prisão, Lula falou em "safadeza" e "canalhice" do que chamou de "lado podre" de Ministério Público Federal, Polícia Federal, Justiça e Receita Federal, que, segundo ele, "trabalharam para tentar criminalizar a esquerda, criminalizar o PT, criminalizar o Lula". Se Jair Bolsonaro decidiu silenciar ontem, Lula não deixou morrer a polarização e atacou o presidente, que, agora, tende a esbarrar em uma oposição com mais fôlego.

Ponte aérea
O senador Humberto Costa estava em reunião, ontem, com o governador Paulo Câmara, e senadores da comissão de acompanhamento do vazamento de óleo, como a coluna cantara a pedra, quando saiu a decisão de soltura do ex-presidente Lula. Humberto retornou a Brasília, ontem mesmo, de onde segue para São Bernardo do Campo, onde está previsto ato para Lula hoje.

Livre > "Deve ser um ato no Sindicato dos Metalúrgicos", informou Humberto, mas avisou que ainda não estava "totalmente definido". "Está sugerido para amanhã (hoje), às 14h", avisou.

Termômetro > Em meio à movimentação para fazer avançar a PEC que permite prisão em 2ª instância, nos bastidores, o que se diz é que o Congresso "não fará enfrentamento com outro poder".

Corcunda > Deputados registram que dar eco à questão da segunda instância seria "trazer a agenda para as nossas costas". Nas coxias, deputados têm lembrado: "Essa agenda não é nossa!"

Plateia > E sobre as intenções dos presidentes da CCJ na Câmara, Felipe Francischini, e no Senado, Simone Tebet, de pautarem o assunto, parlamentares dizem que ambos estão "jogando para plateia". Garantem que, no plenário, não passa.

Batata... > Líder do PSC na Câmara, André Ferreira avalia que o STF jogou "a batata quente" para o Congresso Nacional. "Dias Toffoli quis justificar o voto dele dizendo: 'Joga, agora, a batata quente para o Congresso e os deputados, lá, vão resolver".

...quente > André pondera, no entanto, que, na prisão, Lula "era um mito". E diz: "Se a decisão está dada, ele vai andar o Brasil, vai ter discurso de preso político e o povo vai decidir se Lula é esse mito todo".

Desempate > André Ferreira pontua que, na corte do STF, "muitas pessoas que foram indicadas pelo próprio ex-presidente Lula". E observa: "Quem desempatou foi advogado do PT, foi indicado no governo do PT (Dias Toffoli)".

Fonte: Folha PE

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.