Fique atualizado com o

Motiva Gente News
recent

Paraíba leva forró para o 'The Voice Kids' e vira as três cadeiras

Paraibana cantou o clássico 'Ai Que Saudade de Ocê", de Vital Farias

A paraibana Júlia Lima, 10 anos, de Esperança (PB), fez virar de imediato e ao mesmo tempo as três cadeiras dos artistas que compõe o júri, neste domingo (19), no terceiro programa da fase Audições às Cegas. “Ai Que Saudade de Ocê” (Vital Farias) foi a canção escolhida pela pequena, que também arrancou elogios dos times, pelo sotaque nordestino. “Teu sotaque é o mais lindo do mundo”, esbravejou Simaria. Júlia, aliás, optou em seguir no programa no time das irmãs da música sertaneja.

Bahia, Rio Grande do Norte, Piauí e Paraíba, por enquanto, são as representações do Nordeste no global The Voice Kids. São Paulo e Rio de Janeiro predominam entre os candidatos selecionados para a próxima etapa da competição, com cinco ‘kids’ de cada estado, distribuídos entre os times de Carlinhos Brown, das irmãs Simone e Simaria e Cláudia Leite, artistas que compõem o júri da disputa que vai escolher a melhor voz infantil do Brasil.

Foi um paulistano, inclusive, quem abriu a cantoria de hoje. Pedro Ogata, de 14 anos, encantou aos três times com sua interpretação de Chandelier (Sia). Ao final, Cláudia Leite foi a escolhida pelo candidato. Também de São Paulo, a pequena Turí, de 12 anos, veio com “Dança da Solidão” (Paulinho da Viola) e conseguiu virar as três cadeiras, ficando ao final com o baiano Brown.

Na sequência, a piauiense Natyelle Rocha, de 13 anos, cantou “Saudade” (Cristiano) e foi para o time da dupla Simone e Simaria, A carioca Mari Lima, de 10 anos, com o clássico do cinema infantil “Um Mundo Ideal), conquistou Cláudia Leite e coube a Brown a virada de cadeira para Ana Carolina Júlio, paulista de 13 nos, classificada com sua interpretação de “Um Anjo do Céu”.

Luíza Gavassa, outra carioca do programa deste domingo, conquistou Cláudia Leite com sua versão de “Valerie”, sucesso na voz da saudosa Amy Winehouse. Já Luank Dias (Brasília, DF), 13 anos, levou “Perrengue”, canção conhecida na voz de Gustavo Lima e virou a cadeira de Simone e Simaria. De Porto Alegre (RS), o pequeno Artur Ortega, 11 anos, com “É Preciso Saber Viver” (Roberto e Erasmo), conquistou Cláudia Leite e Brown, mas escolheu o compositor baiano.

E a primeira representante de Roraima, Marília Tavares, 13 anos, cantou “Águas de Março” (Tom Jobim) e foi para o time Brown. Com “I’ll Be There”, hit gravado por The Jackson Five, o mineiro Davi Anderson, 14 anos, fechou as audições do dia e conseguiu virar as três cadeiras, mas na hora da escolha do time que com o qual iria seguir no programa, foi Simone e Simaria.

O programa The Voice Kids segue por pelo menos mais quatro domingos na fase chama de Audição às Cegas, até chegar à etapa seguinte, a chamada “Batalha”. O vencedor ou vencedora do programa, além de ganhar o título de melhor voz infantil do Brasil, assinará contrato com a Universal Music, terá a carreira gerenciada e levará o prêmio de R$ 250 mil.

Fonte: Folha PE

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.