Fique atualizado com o

Motiva Gente News
recent

Pernambuco tem 12 casos de coronavírus em investigação

No Estado, desde o dia 25 de fevereiro até esta terça-feira (10), foram notificados 34 casos suspeitos de covid-19

Pernambuco continua com nenhum caso confirmado do novo coronavírus. Chegou a 34 o número de notificações do novo coronavírus em Pernambuco, sendo 22 descartados e outros 12 em investigação. Segundo balanço divulgado ontem pela Secretaria Estadual de Saúde (SES), entre os pacientes negativados para a covid-19, quatro não positivaram para nenhum vírus respiratório, seis foram positivos para influenza B e seis para influenza A(H1N1), dois influenza A, dois para rinovírus. Um caso foi positivo para beta coronavírus OC43 e outro para o alpha coronavírus 229E, conhecidos por casos leves e moderados. Diante deste cenário, a SES destacou a importância da campanha de vacinação contra a gripe, antecipada para começar no dia 23 deste mês.

Em Pernambuco, serão beneficiadas mais de 2,9 milhões de pernambucanos inclusos nos grupos prioritários. A vacina protege contra três tipos de influenza: A(H1N1), A(H3N2) e B. Na primeira fase da campanha, até 15 de abril, serão contemplados idosos (a partir dos 60 anos) e trabalhadores de saúde.

Na segunda, entre 16 de abril e 8 de maio, professores, profissionais das forças de segurança e salvamento. A partir de 9 de maio, Dia D de vacinação, até o dia 22 de maio, serão vacinadas as crianças entre seis meses e menores de seis anos, adultos entre 55 e 59 anos, gestantes, mães no pós-parto (45 dias), população indígena e doentes crônicos.

A partir da terceira etapa, também serão realizadas estratégias junto ao sistema prisional para a imunização da população privada de liberdade, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas e funcionários do sistema prisional. "É muito importante que a gente possa ter a vacinação de todo esse público-alvo e seguindo as demais fases para que a gente possa ter um inverno com as pessoas mais protegidas das demais viroses que a vacina para gripe confere imunidade", disse o secretário estadual de Saúde, André Longo. A vacina da influenza não protege contra o covid-19.

Em 2020, até 29 de fevereiro, Pernambuco registrou 211 casos de síndrome respiratória aguda grave (SRAG), quadro que pode ser provocado por diversos agentes (vírus, bactérias) e é caracterizado pela necessidade de internação de pacientes com febre, tosse ou dor de garganta associado à dispneia ou desconforto respiratório ou saturação de oxigênio abaixo de 95%. Desse total, 13 foram positivos para algum tipo de influenza, sendo 9 para influenza B e 4 influenza A(H1N1).

Sobre os 12 casos do novo coronavírus em investigação em Pernambuco, três estão em isolamento hospitalar, sendo dois em hospital particular e um no Hospital Universitário Oswaldo Cruz (Huoc). Os demais foram encaminhados para isolamento domiciliar. O infectologista e chefe do setor de Infectologia do Huoc, Demetrius Montenegro, informou que todos apresentam quadros de saúde estáveis e com boa evolução clínica. "O adolescente internado no Oswaldo Cruz provavelmente terá alta amanhã. O critério de internamento dos outros dois na rede privada de saúde é por conta da idade, pois têm 68 e 70 anos, e comorbidades que eles possuem", disse.

Fonte: Folha PE

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.