Fique atualizado com o

Motiva Gente News
recent

Caruaru registra 98,3% da chuva esperada para o mês de abril em 24 horas; prefeitura decretou situação de emergência

Porcentagem é referente ao registrado na estação de monitoramento das Rendeiras.

Devido às chuvas registradas no domingo (26) e na madrugada desta segunda-feira (27), a Prefeitura de Caruaru, no Agreste, decretou situação de emergência. De acordo com dados da Agência Pernambucana de Águas em Clima (Apac), na estação de monitoramento das Rendeiras foram registrados 81,17 mm. (Veja vídeo acima)

Nas estações do Cidade Jardim e do Centro foram 77,80 mm e 39,50 mm, respectivamente. Os dados são referentes às últimas 24 horas. Ainda segundo a Apac, o esperado para o mês de abril eram 82,5 mm. As chuvas evidenciaram a falta de estrutura em algumas localidades do município, causando alagamentos e inundações. O decreto de situação de emergência foi publicado em uma edição especial do Diário Oficial.

"Foram vários os prejuízos da população, que ainda serão levantados pelos nossos técnicos, mas, de imediato conseguimos identificar a urgência dessa situação, a partir da destruição de casas, principalmente em comunidades ribeirinhas. Mais do que nunca é hora de agir e trazer soluções para essas vítimas", afirmou a prefeita Raquel Lyra.

Com a declaração de situação de emergência, a Prefeitura de Caruaru está autorizada a mobilizar todos os órgãos municipais para atuarem sob a coordenação conjunta da Autarquia Municipal de Defesa Social, Trânsito e Transportes (Destra) e da Secretaria de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos, nas ações de reabilitação do cenário e reconstrução.

Por telefone, a meteorologista da Apac, Edivânia Santos, informou ao G1 que a chuvas intensas em um curto período de tempo são normais para a época do ano. "Já estamos no período chuvoso. Como o clima de Caruaru é semiárido, estas chuvas são esperadas", disse. A previsão para o Agreste nesta segunda é de chuvas à tarde e à noite.

Fonte: G1 Caruaru

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.