Fique atualizado com o

Motiva Gente News
recent

Compesa oferece pagamento de contas com cartão de crédito


O valor da conta pode ser pago tanto à vista como realizando o parcelamento em até 12 vezes. A parcela mínima, neste caso, é de R$ 25

Com objetivo de facilitar o lado do consumidor, a Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) está ofertando uma modalidade para pagamento das contas com cartão de crédito, para quitar os débitos mensais. O valor da conta pode ser pago tanto à vista como realizando o parcelamento em até 12 vezes. A parcela mínima, neste caso, é de R$ 25. 

Outra facilidade é que os clientes que tiverem contas em atraso poderão utilizar o aplicativo Compesa Mobile para efetuar o pagamentos das contas e evitar filas nas agencias ou lotéricas. O App, desenvolvido pela Compesa, é gratuito e está disponível para ser baixado no celular, sendo uma alternativa para evitar a ida às agências bancárias ou às lotéricas.

De acordo com a presidente da Compesa, Manuela Marinho, a nova facilidade para pagamento é mais uma medida de enfrentamento à pandemia. “Sabemos que o momento financeiro é delicado e que muitas famílias têm recorrido ao cartão de crédito. Por outro lado, temos ainda uma parcela significativa dos nossos clientes que realiza o pagamento de suas contas nas lotéricas ou em agências bancárias. Com a opção de pagamento pelo cartão de crédito e usando o celular, vamos oferecer uma nova opção para facilitar a vida das pessoas e com o benefício da preservação da saúde, pois serão menos pessoas nas ruas”, detalha.

Conta em dia
A Compesa lembra que suas equipes estão em campo trabalhando para manter a prestação dos serviços de água e esgoto, além das ações desenvolvidas para ampliar o abastecimento em todo o estado, ajudando, desta forma, a combater e prevenir a disseminação da Covid-19. Neste sentido, manter o pagamento das faturas em dia é extremamente importante para que os investimentos continuem sendo feitos. “Isentamos a cobrança da conta para os clientes da Tarifa Social. Sabemos que a situação econômica está muito difícil para várias famílias, mas é importante fazer o possível para não acumular”, reforça Manuela.

Fonte: Folha PE

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.