Fique atualizado com o

Motiva Gente News
recent

PIB cresce pelo quarto mês consecutivo em Pernambuco, segundo Condep/Fidem e IBC -Br

Indústria é o principal segmento da economia responsável pelos bons números de agosto


Pernambuco registrou variação positiva no PIB pelo quarto mês consecutivo em agosto, de acordo com a Agência Estadual de Planejamento e Pesquisas de Pernambuco (Condep/Fidem). Em comparação a julho, o aumento foi de 2%. Apesar dos números positivos, o acumulado do ano ainda é negativo: -3,8%.


Agosto também foi o primeiro mês, desde fevereiro, a ter variação positiva em comparação ao mesmo período de 2019 – aumento de 0,3%. No acumulado dos últimos doze meses, o PIB do estado caiu 2%.  

O setor que obteve maior destaque em Pernambuco foi o industrial. Segundo o levantamento, o segmento registrou aumento de 7,6% em agosto de 2020, em comparação ao mesmo período de 2019. A variação do setor no acumulado deste ano em relação ao ano anterior, porém, é negativa (-2,5%). A agropecuária é o único ramo que cresceu nos oito primeiros meses de 2020: 0,8%. Já o setor de serviços possui a maior retração no acumulado do ano e em agosto, quando comparados a 2019.


“Claramente o setor industrial deu um salto e o da agropecuária continua bem, inclusive estando positivo no acumulado do ano ao se comparar com 2019. Em relação ao setor de serviços, devido ao coronavírus, é esperado que ele ainda não tenha se recuperado pois muitos estabelecimentos ainda estão fechados ou funcionando com capacidade reduzida”, explicou o economista André Morais.


Os dados da Condep/Fidem são medidos pelo estado, a partir do que ele produz, não sendo o resultado oficial. A variação oficial do PIB é divulgada pelo IBGE semestralmente.


Prévia do PIB realizada pelo Banco Central reafirma otimismo


O Banco Central divulgou o IBC-Br, índice da instituição criado para antecipar o resultado do PIB. Segundo a divulgação, Pernambuco também registrou, pela quarta vez consecutiva, aumento no indicativo (0,19% em comparação a julho). Em relação ao mesmo período do ano passado, o crescimento foi de 0,78%.


Maíra Fischer. “O fato de ter sido o quarto mês mostra que é uma tendência solida, não é algo que aconteceu por causa da demanda represada, por exemplo. O que chamou a nossa atenção é que o crescimento foi maior do que o mesmo período de 2019, mostrando que estamos conseguindo crescer em relação ao ano passado”, explicou a secretária executiva de Desenvolvimento Econômico, Maíra Fischer.


O IBC -BR também mostrou que o setor industrial é destaque na retomada econômica do Estado. Pela primeira vez desde o início da pandemia, Pernambuco registrou crescimento de sua produção no acumulado do ano (+0,9%), colocando o Estado em primeiro lugar no ranking regional. Os setores de alimentos, bebidas e borrachas/materiais plásticos estão na liderança nacional.


Em alinhamento com o estudo da Condep/Fidem, o IBC – Br antecipou que Pernambuco ainda não possui variação positiva no acumulado de 2020 (-1,01%). O resultado, porém, ainda é melhor do que o acumulado nacional dos oito primeiros meses do ano (-5,44%).


Fonte: Folha PE

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.