Fique atualizado com o

Motiva Gente News
recent

Sem Paulo Câmara e com aliados, Bolsonaro inaugura obra no Pajeú e elogia a hidroxicloroquina

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) participou, nesta quinta-feira (1º), da inauguração da segunda etapa do Sistema Adutor do Pajeú, São José do Egito, no Sertão de Pernambuco. Após ser afagado pelos discursos de autoridades do Estado, como o senador Fernando Bezerra Coelho (MDB), Bolsonaro falou diante de apoiadores e ressaltou a importância da água para o povo nordestino. 


"A questão da agua é vital para todos nós. E, no semblante do nordestino, quando chega águ,a parece que ganhou ele na Mega- Senha. E ganhou sim", disse Bolsonaro. "Eu queria também prestar uma homenagem a José Dantas, herói da Segunda Guerra Mundial, que está ao meu lado. Muitos ficaram pelo caminho na luta pela liberdade. Eu nunca abrirei mão que meu povo tenha liberdade e tenha democacia. Quem disse que eu ia fazer o contrário, deve estar decepcionado", emendou.

Bolsonaro também fez propaganda da hidroxicloroquina. "Não esqueceremos os mais humildes. Muitos politicos quiseram fechar tudo (por conta do coronavírus). Eu disse: Não precisa fechar nada. Temos de cuidar dos nossos idosos, mas precisamos deixar o povo trabalhar. Deus foi tão bom que nos deu a hidroxicoloquina. Eu não sou Deus, mas sou ousado, como um caba da peste nordestido", falou.


Esta é a segunda visita de Bolsonaro como presidente a Pernambuco. A primeira vez que ele desembarcou no Estado foi em maio de 2019. Na oportunidade, o presidente paricipou de uma reunião com governadores do Nordeste, no Recife. Na época, Bolsonaro chegou a ir a Petrolina, no Sertão, para inaugurar uma obra habitacional. 


Sem governador

Na vinda desta quinta-feira, o presidente não teve a presença do governador Paulo Câmara ao lado - o governo de Pernambuco informou que Câmara não recebeu convite para a cerimônia.


A obra do Sistema Adutor do Pajeú foi executada pelo Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (Dnocs) e deve beneficiar 290 mil moradores. O investimento foi da ordem de R$ 250 milhões. A primeira etapa foi inaugurada em 2013. A vazão do sistema deve passar de 290 para 480 litros por segundo, aumentando a oferta de água na região.


Segundo a Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa), a adutora deve beneficiar moradores das cidades de Floresta, Carnaubeira da Penha, Serra Talhada, Calumbi, Flores, Carnaíba, Quixaba, Afogados da Ingazeira, Iguaracy, Ingazeira, Tuparetama, Tabira, São José do Egito, Itapetim e Santa Terezinha.


Fnote: Folha PE

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.