Fique atualizado com o

Motiva Gente News
recent

Campanha de vacinação contra poliomielite é prorrogada pela Secretaria Estadual de Saúde

Mobilização segue até o dia 27 de novembro. Cerca de 90 mil crianças ainda não foram imunizadas


A campanha de vacinação contra a poliomielite será prorrogada mais uma vez pela Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE). A mobilização, que busca ofertar uma dose extra contra a doença para todas as crianças entre 1 e menores de 5 anos que estão com o esquema básico da pólio em dia, segue até o dia 27 de novembro em todos os municípios do Estado. 

Em Pernambuco há mais de 549 mil crianças nessa faixa etária. Até o momento, cerca de 83,54% desse público já havia recebido a imunização, mas 90.423 crianças ainda precisam receber a dose. A meta mínima é de 95%, e Pernambuco está na segunda colocação do país em cobertura vacinal para doença e acima da média nacional, que está na casa dos 59,60%. 


Junto com a poliomielite, a SES também vai prorrogar a campanha de multivacinação para atualização de caderneta de menores de 15 anos, com a oferta de todos os imunizantes para quem está com alguma dose em atraso. "As crianças que voltaram a circular e também a ter contato mais intenso com outras pessoas estão suscetíveis a diversas doenças, algumas até mais graves que a Covid-19 para esse público, e podem ser protegidas pelas vacinas que estão ofertadas gratuitamente de rotina no SUS", destacou o secretário estadual de Saúde, André Longo.


Vacinas


No primeiro ano de vida, a criança deve receber três doses contra a poliomielite, com reforço aos 15 meses e 4 anos, além dos momentos de campanha, como a atual, evitando sequelas irreversíveis provocadas pelo vírus, como a paralisia de membros inferiores, crescimento diferente das pernas e até mesmo paralisia dos músculos da fala e da deglutição.


Para as crianças abaixo de 7 anos, as unidades de saúde estão disponibilizando os seguintes imunizantes: BCG, hepatite B, pentavalente, poliomielite, rotavírus, pneumocócica 10, meningocócica C, febre amarela, tríplice viral, varicela, hepatite A e DTP. A partir dos 7 anos, até os menores de 15, podem ser feitas as doses da hepatite B, febre amarela, meningocócica ACWY e HPV.


Fonte: Folha PE

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.