Fique atualizado com o

Motiva Gente News
recent

Escolas particulares se preparam para volta às aulas dos estudantes do Ensino Fundamental


Conforme cronograma do Governo do Estado, o retorno para alunos do 6º ao 9º ano está autorizado para esta terça-feira (10)


Escolas particulares de Pernambuco continuam, nesta segunda-feira (9), com a preparação para a volta dos estudantes do 6º ao 9º Ano do Ensino Fundamental às aulas presenciais, autorizada para ocorrer a partir desta terça-feira (10), conforme cronograma do Governo do Estado.

As atividades para esses alunos nas unidades de ensino estão suspensas desde 18 de março, em razão da pandemia de Covid-19, e eram mantidas por via remota.


O Colégio Saber Viver, localizado no bairro do Espinheiro, na Zona Norte do Recife, informa estar preparado para a volta dos estudantes. Placas de sinalização, dispensers de álcool em gel e marcações nas cadeiras são algumas das medidas de prevenção tomadas.


“Estamos iniciando com modelo híbrido, dividimos em dois grupos. Esta semana inteira vem apenas um grupo; na outra, vem o outro grupo. Para facilitar, determinamos o critério de irmãos, que vão ficar no mesmo grupo, mesmo que em turmas diferentes, para facilitar a rotina diária da família”, detalhou a diretora pedagógica do Saber Viver, Natália Ayres.


Segundo Natália, uma pesquisa foi aplicada para saber quais alunos retornariam a partir desta terça-feira. A média esperada é de cerca de 30%. “Nossos pais estão todos confiantes e seguros com a estrutura do colégio, os que não vão enviar disseram que estão receosos e à espera da vacina, mas perceberam toda a estrutura”, continuou.


Entre outras medidas adotadas pelo colégio, estão a troca de todas as maçanetas das portas para puxadores de pés, para evitar o contato coletivo na peça, e a abertura de um novo portão de acesso para evitar aglomeração. Os pais e responsáveis também foram orientados a reforçar o uso da máscara e aferição de temperatura.


No Colégio Santa Maria, em Boa Viagem, Zona Sul do Recife, as aulas presenciais regressarão nesta terça para todos as turrmas do Ensino Fundamental II, do 6º ao 9º, porém de forma dividida. "Vamos voltar com as aulas no sistema híbrido, que acredito que será o sistema que funcionará no início de 2021. O nosso sistema de rodízio funciona dia sim, dia não”, explicou a coordenadora do 7º ano, Carolinne Didier.

 

Segundo ela, apesar da volta às atividades presenciais, o sistema de avaliação para conclusão do ano letivo de 2020 será online, para atender a todos. O calendário letivo da escola para este ano não será prejudicado e 10 dias serão acrescentados para o encerramento, que ocorrerá em 30 de dezembro.


“As salas de aula estão com bancas separadas, com distância de um metro e meio, seguimos os protocolos que foram determinados pelo governo de até 23 alunos por sala, mas temos, no máximo, 20. A cada troca de aula é feita a higienização e aumentamos quantidade de pessoal de limpeza”, acrescentou a coordenadora.


“Tenho certeza que vai ser um sucesso. Hoje [segunda-feira] estamos treinando os professores. O aluno, em casa, assiste à mesma aula que o aluno na escola. A adesão [dos alunos que já voltaram] está ótima. As famílias já vinham lutando para esse retorno. O colégio já estava estruturado há muito tempo, estávamos aguardando autorização”, completou Carolinne.


Já o Colégio GGE dividiu o retorno. Primeiramente, nesta terça-feira, regressarão os alunos dos 8º e 9º anos. Na quarta-feira (11), será a vez da volta dos estudantes do 6º e 7º anos. Segundo a gestora pedagógica do Ensino Fundamental I da escola, Anabelle Veloso, essa divisão foi viabilizada por um levantamento feito junto às famílias.


“Preferimos fracionar a volta para termos maior controle sobre os alunos. Podemos retornar com a metade dos alunos, assim temos condições de atender às exigências do distanciamento”, explicou a gestora. Ainda segundo ela, o sistema de avaliação será online, para possibilitar igualdade para todos os alunos e o calendário letivo também não será afetado.


“Temos uma média de 40% de alunos confirmando o retorno. Entendemos que, no decorrer dos dias, o número vai aumentando porque muitos pais preferem esperar, aguardar para ver como vai ser volta”, detalhou Anabelle. Segundo ela, os anos iniciais do Ensino Fundamental deverão retornar com essa média de alunos na próxima semana.


“É um momento muito importante para a escola, já tínhamos o protocolo há um muito tempo, precisávamos da oportunidade de colocar em prática, de ensinar aos alunos a nova forma de convivência. É importante que os alunos façam isso também na escola, para compreender a prática em um contexto coletivo”, finalizou a gestora do GGE.


No Colégio Dom, em Olinda, as cadeiras foram dispostas uma de frente à outra para evitar a circulação na sala, o que facilita o distanciamento social entre alunos e professores. Os estudantes inclusive só poderão sentar nos assentos marcados com adesivo.


O diretor pedagógico da instituição, Arnaldo Mendonça, explica que as auls voltarão na quarta-feira (11), uma vez que nesta terça, Olinda celebra o feriado do Grito da República. "Temos uma diferença de dez minutos. O 7º e o 9º anos começarão às 7h30, o 6º e o 8º às 7h40. Assim atrasamos tudo em 10 minutos e evitamos aglomerações", explicou.


Arnaldo reforça que fez reuniões com as famílias para relembrar as orientações, como de não mandar os alunos para a escola caso qualquer pessoa da família apresente sintomas gripais. 


"A adesão inicial imaginamos em torno de 25%, o limite é 50%. O questionário que fizemos aqui deu 30%, acredito que no começo não vem e vai aumentando quando a família se sentir mais segura. Se tiver um aluno que venha, vamos dar aula presencial para ele, temos obrigação", concluiu o diretor pedagógico. 


Fonte: Folha PE

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.