Fique atualizado com o

Motiva Gente News
recent

Conheça as séries brasileiras que devem estrear em 2021

Plataformas como Netflix, Disney +, Globoplay e Amazon Prime preparam produções nacionais


Conhecido mundialmente por suas novelas, o Brasil vem se consolidando nos últimos anos com outro tipo de teledramaturgia. A exemplo de “Ninguém tá olhando”, comédia brasileira da Netflix que levou um Emmy Internacional neste ano, as séries nacionais ganham cada vez mais reconhecimento e espaço nos serviços de streaming. Em 2021, essa produção deve ficar ainda mais aquecida com a estreia de novos títulos. A Folha de Pernambuco adianta alguns detalhes do que vem por aí. 


Netflix


A mais popular plataforma de streaming do planeta, com quase 190 milhões de assinantes ao redor do mundo, tem apostado em conteúdo original brasileiro nos últimos anos. A ideia é continuar com os investimentos em 2021. Além de novas temporadas de “Bom dia, Verônica” e “Sintonia”, a empresa já anunciou séries inéditas faladas em português e com atores brasileiros. 


Uma das primeiras estreias do ano será “Cidade Invisível”, que deve chegar ao catálogo no dia 5 de fevereiro. Estrelada pelo ator Marco Pigossi e Alessandra Negrini, a série foi criada e co-produzida por Carlos Saldanha, responsável por animações como “Rio”. Com sete episódios, a trama faz uma releitura contemporânea de lendas do folclore brasileiro, entrelaçadas em uma investigação criminal. 


Outras duas séries brasileiras da Netflix estão em fase de gravações. Uma delas é “Temporada de Verão”, dirigida por Isabel Valiante e Caroline Fioratti. Com um elenco formado por nomes como Giovanna Lancellotti, Gabz e André Luiz Frambach, além do chileno Jorge Lopez, a produção trata das descobertas pessoais de um grupo de jovens que passa a trabalhar para um resort de luxo em uma ilha paradisíaca.


Também estão sendo filmadas as cenas de “Maldivas”, que traz as amigas Manu Gavassi e Bruna Marquezine em papéis de destaque. Escrita por Natalia Klein, a dramédia gira em torno das intrigas de um condomínio da Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro. O elenco ainda conta com nomes como Sheron Menezzes, Carol Castro, Klebber Toledo e Danilo Mesquita.


Amazon Prime Video


Depois de apostar em reality shows como "Soltos em Floripa" e "Game dos Clones", o serviço de streaming da Amazon deve enveredar pelas séries em 2021. A cantora Liniker vai protagonizar uma dessas novas produções, batizada de “Manhãs de setembro”. A artista interpretará Cassandra, uma mulher trans cheia de sonhos que, anos após mudar de cidade, acaba descobrindo que tem um filho. O pernambucano Thomas Aquino também integra o elenco. 


Baseado no livro homônimo escrito por Tony Bellotto, “Dom” contará a história real de Pedro Dom, jovem de classe média que se tornou chefe de uma quadrilha de roubo de residências nos anos 2000. O cineasta Breno Silveira dirige a obra, que tem o ator Gabriel Leone na pele do criminoso. 


Estão sendo finalizadas as gravações de “Desjuntados”, com Danni Suzuki e Letícia Lima, e "Criminal", que conta com Camila Morgado e Fernando Alves Pinto. Nos últimos meses, as duas séries utilizaram locações no Uruguai para filmar, já que no país vizinho a situação da pandemia do novo coronavírus está melhor controlada. 


Globoplay


No início de dezembro, durante a edição online da CCXP, a Globo anunciou os principais lançamentos do seu serviço de streaming para o próximo ano. Entre as novidades, estão as temporadas inéditas de “Arcanjo Renegado”, “A Divisão”, “Desalma”, “As Five” e “Sessão de Terapia”, além de “Verdades Secretas 2”, sequência da novela de Walcyr Carrasco. Também entrará no catálogo a série documental “Caso Evandro”, com oito episódios sobre as circunstâncias de um dos crimes mais chocantes da história brasileira.


Disney +


O streaming da gigante do cinema mundial chegou ao País há menos de dois meses, mas já anunciou a produção de pelo menos 15 originais brasileiros. Está confirmado o infantojuvenil “Tudo igual...SQN”, inspirado no livro “Na Porta ao Lado”, da escritora Luiza Trigo. A atriz Gabriella Saraivah viverá uma adolescente que precisa lidar com o novo casamento da mãe. 


Já o ator, diretor e roteirista Miguel Falabella está desenvolvendo uma adaptação do espetáculo "O som e a sílaba", de sua autoria. Estrelada por Alessandra Maestrini e Mirna Rubim nos palcos, a obra traz a história de uma jovem autista com habilidade nata para o canto lírico. 


Fonte: Folha PE

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.