Fique atualizado com o

Motiva Gente News
recent

Governo de Pernambuco e Uber fazem parceria para transporte gratuito aos postos de vacinação

O Governo de Pernambuco firmou parceria com a Uber para conceder 10 mil viagens gratuitas à população, garantindo a ida e a volta de casa até os pontos de vacinação.


A ideia é ajudar no processo de imunização dos grupos prioritários, principalmente os idosos, que têm mais dificuldades de mobilidade. 


A parceria entra em vigor a partir desta quarta-feira (10), contemplando pessoas a partir dos 85 anos de idade residentes no Recife, Olinda, Jaboatão dos Guararapes, Paulista e Camaragibe, na Região Metropolitana do Recife. Trata-se do primeiro acordo firmado no Brasil entre a Uber e um governo estadual sem custos para os cofres públicos. 

Os passageiros que usarem o voucher dedicado à parceria terão um desconto de até R$ 25 por trecho, mas a empresa repassará o valor das corridas normalmente aos motoristas cadastrados. É uma espécie de doação de serviço em prol da campanha de vacinação. 


A orientação, portanto, é que o público opte pelo local de vacinação mais próximo da residência do idoso, de forma que fique dentro do voucher promocional. 


A dinâmica funcionará da seguinte forma: o acompanhante do idoso com vacinação agendada em um posto na sua cidade, ao solicitar o Uber, deverá inserir o cupom VACINAPE.


“Essa parceria é mais uma forma de garantirmos que os mais idosos possam se deslocar com segurança até os locais de imunização. Pernambuco está entre os estados brasileiros com maior índice de vacinação da população, inclusive com uma taxa maior do que a média nacional”, destacou Paulo Câmara. 


O código só permite rotas com destino aos locais de vacinação autorizados pela empresa, e as viagens de ida e volta devem ser realizadas no mesmo dia. As prefeituras precisarão enviar ao Governo do Estado a lista de pontos físicos de vacinação, com exceção de shopping centers. 


“A nossa iniciativa em buscar essa parceria partiu do fato de entender que há a dificuldade na mobilidade desse grupo prioritário. Além disso, os relatórios de vacinação da Secretaria de Saúde mostram que existem lacunas no agendamento da imunização dessa faixa de idade. O acordo tem validade até o dia 4 de junho, mas pode ser renovado”, ressaltou o secretário de Desenvolvimento Econômico do Estado, Geraldo Julio.


Fonte: Folha PE

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.