Fique atualizado com o

Motiva Gente News
recent

Governadores do Nordeste se reúnem com o Fundo Russo para compra da Sputnik V

Governadores do Nordeste e da Amazônia legal vão se encontrar, nesta segunda-feira (7), com a Agência Nacional de Segurança Sanitária (Anvisa) e o Fundo Soberano Russo para tratar os próximos passos da vacinação com o imunizante russo Sputnik V.


A reunião ocorre após a aprovação de importação da vacinas Sputnik V, da Rússia, e Covaxin, da índia, pela Anvisa na última sexta-feira (4).

A liberação foi comemorada pelo Consócio Nordeste e a Amazônia Legal, que divulgaram nota celebrando o acontecido. 


"Reiteramos a determinação de obter mais vacinas para as populações das nossas regiões, em nome das nossas causas principais: vida e saúde. Com a ampliação das vacinas, o Brasil poderá superar a conjuntura de sofrimentos familiares, crise econômica e desemprego”, detalharam. 


No encontro, os chefes dos Executivos estaduais querem também entender como será o processo de importação, bem como o cronograma de envio das doses.  


Sputnik V


A importação de 39 milhões de doses do imunizante russo foi encomendada pelos estados do Nordeste em março deste ano, mas o uso foi barrado pela Anvisa que declarou não ter informações concretas sobre a eficácia da vacina. 


Porém, a liberação da importação vem com algumas restrições definidas pelo órgão de segurança sanitária brasileiro. Entre elas, o uso do imunizante russo só será permitido em pessoas de 18 à 60 anos sem comorbidades. 


Além disso, gestantes, lactantes e mulheres que pretendem engravidar nos próximos 12 meses também foram excluídas do grupo de vacinação russo.


O presidente da farmacêutica União Química, Fernando de Castro Marques, contou, em entrevista à CNN, que as primeiras doses devem chegar ao Brasil nos próximos dez dias. A previsão é de que a remessa tenha cerca de 900 mil doses. 


"Uma vez que houve a liberação da Anvisa, acredito que em cinco ou dez dias as vacinas deverão ser embarcadas para o Brasil", afirmou o presidente do órgão.


Fonte: Folha PE

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.